sexta-feira, 27 de março de 2009

Diário da Caçadora - Dia Cinco

Sebastian Drake

Tudo nele foi projetado para atrair, encantar e enfeitiçar. Uma beleza sem precedentes, temperada por um perigo mortal escondido em um sorriso perfeito, olhos hipnóticos, altura vertiginosa e um cheiro de perfume Armani.

Na natureza os predadores sempre utilizam de artifícios para atrair as presas até suas armadilhas fatais. Os artifícios de Drake são os mais irresistíveis.

Imagine o poder de um predador com encantos capazes de deixar suas vítimas fascinadas, e muitas vezes fazê-las pedir pela morte, entre beijos de cinema e promessas de amor eterno... (e não estou falando no sentido figurado).

Drake é o ápice de sua raça, e caminha pela noite vestindo o melhor que a moda tem a oferecer, tanto que não me surpreenderia se um dia ele acabasse exibindo suas presas num comercial da Dolce & Gabbana ou da Hugo Boss.

Seu odioso pai, apesar da idade, também consegue exercer um grande fascínio em suas vítimas, como fez com a minha mãe, embora o seu encanto seja mais antigo, como o de um galã hollywoodiano dos anos 50.

Mas estamos falando de Drake, o belo e odiado Drake. Nós carregamos um fardo, somos os filhos de inimigos ancestrais, sendo assim, temos que continuar até que um de nós erre os passos dessa dança mortal. E eu estou preparando a pista para que seja ele.


Breve, na festa “UMA FORMATURA INFERNAL” Drake passará de predador à presa. Eu sou imune aos seus artifícios, não terei pena de destruir sua beleza perfeita para sempre...

3 comentários:

  1. estou amando³ este diário <3 (+1

    ResponderExcluir
  2. nossa !!! isso é muito perfeito!
    essas partes que estão escrevendo aqui tem no livro? ou é uma introdução? *supense* =P

    ResponderExcluir